A Rio de Janeiro tentativo di stupro sull’italiana Alice Bianchi di 23 anni

Autore della tentata violenza un minorenne a Casa do Menor Sao Miguel Arcanjo di Nova Iguacu, alla periferia nord di Rio de Janeiro. La ragazza, da tre anni in Brasile dove presta servizio civile, “è stata colpita – riferiscono i media locali – con una pietra alla testa ed è dovuta ricorrere alle cure sanitarie”.

Ecco la notizia di Jornal do Brasil. A italiana Alice Bianchi, 23 anos, que sofreu uma tentativa de estupro de um menor da Casa do Menor São Miguel Arcanjo, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, segue em estado grave. Segundo informações do Hospital Geral de Nova Iguaçu (Posse), ela está lúcida.

Alice Bianchi chegou na unidade de saúde na última sexta-feira (28) com uma pancada na cabeça e desacordada. Neste sábado, ela conseguiu dizer a data de nascimento (4/2/1989), o endereço, e explicar que estava no Brasil há três anos prestando serviço civil obrigatório.

Alice trabalhava na Casa do Menor, que é dirigida pelo Padre Renato há 30 anos. Segundo relato de pessoas próximas, ela recebeu uma pancada de um objeto na cabeça do menor ao reagir ao estupro, provavelmente uma pedra.

No prontuário da paciente, segundo a enfermeira, consta o registro de agressão física, mas não é informado se o estupro chegou a ser concretizado.

O jovem agressor foi encaminhado ontem à 56ª Delegacia de Polícia, Central de Flagrantes, e hoje seguiria para a 5ª Vara da Infância e Juventude, segundo um policial da unidade.

Condividi su...
Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin